Av. Alfredo Balena, 190

Belo Horizonte - MG

nutricaoconscienciaufmg@gmail.com

Nutrição
consCiência

Os projetos desenvolvidos pelo grupo tem como foco a relação e influência que o sistema imunológico e metabólico possuem um sobre o outro, englobado sempre com a nutrição e doenças que possam ser desenvolvidas ou tratadas por ela. Seguem alguns dos projetos que são realizados pelo Imunometabolismo (IME).

Papel do Receptor do Fator de Ativação Plaquetária na obesidade e complicações metabólicas

Descrição: Esse projeto de pesquisa contempla a colaboração internacional entre a Universidade Federal de Minas Gerais e Pierre et Marie Curie University (UPMC), Paris, França. Projeto e colaboração internacional financiados por meio do Edital CAPES-COFECUB. 

Participação da inflamação no remodelamento da adiposidade induzida por restrição alimentar

Descrição: Estudos recentes têm demonstrado correlação positiva entre aumento da adiposidade, alterações metabólicas e vários mediadores inflamatórios. No entanto, pouco se sabe acerca do papel da inflamação no desenvolvimento dessas doenças. A hipótese do nosso grupo de pesquisa é a de que a inflamação exerce papel fisiológico, importante para o controle da homeostase energética. Nesse sentido, acreditamos que a inflamação seja importante para o controle da expansão e da diminuição do tecido adiposo, apesar de também causar alterações metabólicas. Dessa forma, este trabalho pretende elucidar o papel da inflamação no remodelamento do tecido adiposo, induzido por restrição alimentar. 

Ensaio Clínico Duplo-Cego Randomizado e Placebo-Controlado de Adição do Gengibre (Zingiber officinale) no Tratamento Agudo da Migrânea

Descrição: A migrânea (ou enxaqueca) é definida como cefaleia episódica primaria de alta prevalência que causa incapacidade, sofrimento e perda de produtividade. O uso de tratamento médico complementar e alternativo tem se tornado uma prática cada vez mais frequente entre os pacientes que possuem dores de cabeça, motivados pela insatisfação com as terapias convencionais e os efeitos colaterais advindos dela. Nesse contexto, estudos têm demonstrado propriedades analgésicas do Gengibre e poucos efeitos colaterais são relatados com o seu uso. Nesse contexto, estudos têm demonstrado propriedades analgésicas do Gengibre e poucos efeitos colaterais são relatados com o seu uso. O objetivo desse estudo é, portanto, avaliar a eficácia da suplementação do Gengibre no tratamento agudo da migrânea.

Projetos

Ciência